Nódulo mamário palpável

" Lembre-se que mesmo os tumores malignos palpáveis da mama, têm altíssima probabilidade de cura quando a mulher procura um especialista logo que o encontra."

É o sinal mais comum encontrado pela paciente. Nos nódulos palpáveis, o exame físico minucioso traz grande número de informações importantes.

É bom lembrar que, principalmente em mulheres jovens, a mamografia pode não revelar a presença de tumor maligno, razão pela a mamografia normal nestes casos não impede a continuação da investigação. A ultra-sonografia em tumores palpáveis, quando realizada, estudando especialmente a região do nódulo, raramente deixa de identifica-lo.

Um mastologista experiente quando correlaciona estes três exames, quase sempre conhece o diagnóstico, mas necessita de comprová-lo.

Se o tumor for cístico, uma simples punção esclarece. Se o tumor for sólido ele opta por algum tipo de punção (agulha fina ou grossa) ou indica a retirada do tumor.

Em tumores palpáveis pequenos, algumas vezes podemos não operá-los quando realizamos punção por agulha que resulta benigno e é compatível com a hipótese baseada nos três exames realizados.

Quando concluímos que o tumor é altamente suspeito de ser maligno, realizamos a biópsia na maioria das vezes para que o planejamento cirúrgico seja mais eficiente. Nestes casos, mesmo que a biópsia resulte benigna, indicamos a cirurgia.

A maioria dos tumores palpáveis, principalmente em mulheres que ainda menstruam, são benignos.



produzido por ProWeb